O Sindicato dos Rodoviários realiza na próxima terça-feira (23/11), assembleia geral para deliberar sobre o dissídio dos trabalhadores do setor e as demissões programadas para o BRT. Uma paralisação da categoria por tempo indeterminado não está descartada.

De acordo com Sebastião José, presidente do sindicato, a situação do transporte de passageiros na cidade do Rio está completamente sem rumo, “um verdadeiro caos generalizado, já que hoje o transporte de passageiro por ônibus atende pouco mais de 80% dos usuários com uma frota sucateada, falida e sem perspectiva”.

Veja a notícia na íntegra no link abaixo:

Rodoviários do Rio discutem demissões no BRT e reajuste salarial