O SINTRATURB-RIO garante as condições mínimas de pagamento das verbas rescisórias aos trabalhadores devido ao fechamento da empresa Viação Top Rio.

Nota à Imprensa

         O Sintraturb-Rio – Sindicato dos Motoristas e Cobradores da Cidade do Rio de Janeiro que representa os trabalhadores das empresas de ônibus da Capital vem à público comunicar que solicitou e conseguiu a efetivação de um Acordo, internediado pela Justiça do Trabalho, para garantir as condições mínimas de pagamento das verbas rescisórias aos trabalhadores devido ao fechamento da empresa Viação Top Rio.

         Lamentamos ter que fazer esse comunicado pois a nossa luta é pela garantia do pleno emprego para os que vivem do trabalho, e em particular, pela garantia dos postos de trabalho para os motoristas, cobradores, pessoal de tráfego e manutenção que pertencem a nossa base de representação sindical. Ainda não dá pra entender, como uma empresa de ônibus que possui linhas convencionais autorizadas a funcionar, chega à falência, colocando no olho da rua, pais de família que mantiveram o funcionamento da empresa até hoje.

         Cumprimos o nosso papel como entidade de classe para minimar os efeitos nefastos de ação tão radical como o fechamento de uma empresa. Através desse acordo, realizado na presença do desembargador CESAR MARQUES CARVALHO, o nosso Vice-presidente SEBASTIÃO JOSÉ DA SILVA, representando o SINTRATURB-RIO, assistido pelo departamento jurídico, impedimos aquela conhecida prática de “procure seus direitos na justiça”, como se fazia antes, quando das demissões massivas. A luta empreendida pelo sindicato coibiu essa danosa atitude. Diante de uma situação irreversível de falência de um empresa de ônibus, o Sintraturb-Rio intervem, solicitando a intermediação da justiça, para que pelo menos fique estabelecido, um calendário de pagamentos das verbas rescisórias e, seja minimizado o sofrimento dos trabalhadores, que já foram penalizados pela demissão em si, e que esses possam ter no bolso, algum recurso para se manter até a conquista de outro emprego.

         Os termos do ACORDO podem ser lido clicando aqui.

         Não ao desemprego!

         Aumentar nossa mobilização!

         Defender a categoria é o nosso lema.

       Sintraturb-Rio, 03/12/2015