Liminar impede punição a grevistas.