Greve parcial dos rodoviários afeta transporte, mas ônibus circulam no Rio.

Terminal das barcas em Niterói tem acesso bloqueado por manifestantes.

Os rodoviários não paralisaram as atividades no Rio, mas o número de veículos circulando pela cidade está reduzido na manhã desta sexta-feira (28). Durante a madrugada, muitos passageiros aguardavam os coletivos no ponto e estranhavam a demora. No período, a adesão à greve chegou a 90%, segundo o Sintraturb (Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio de Janeiro). Em nota, A Rio Ônibus informou que todas as empresas que integram os consórcios Intersul, Internorte, Transcarioca e Santa Cruz estão operando normalmente.

Nas ruas o que se vê são poucos ônibus circulando, assim como o número de passageiros que também parece menor que o habitual. Durante a madrugada e início da manhã, houve registros isolados de tumulto e casos de vandalismo. Na Centro, um grupo tentou impedir a saída de coletivos dos Terminais Américo Fontenelle e Padre Henrique Otte, por volta de 4h. Houve confusão e o retrovisor de um ônibus chegou a ser quebrado.

Para Sebastião José, presidente do Sintraturb, a adesão parcial da categoria foi resultado de ameaças de perda de emprego e retenção de funcionários dentro das empresas de ônibus.

— Considerando a pressão que os profissionais da categoria sofreram dentro das empresas, o resultado foi satisfatório, já que durante a madrugada o índice de adesão chegou à 90%. Creio que o objetivo foi atingido, que era o de chamar atenção para as mudanças que podem ocorrer com a aprovação da reforma trabalhista e da previdência que acaba com o direito da aposentadoria do rodoviário e demais categorias.

Nas primeiras horas do dia, a operação de várias linhas do BRT foi afetada. A circulação de ônibus no corredor Transcarioca (Galeão x Alvorada) chegou a suspensa. Segundo a empresa administradora do sistema, onze coletivos foram depredados no trecho e a circulação foi paralisada durante a madrugada. No início da manhã, a operação no corredor Transoeste (Santa Cruz x Alvorada / Campo Grande x Santa Cruz) foi parcialmente interrompida, após manifestantes bloquearem a pista, na altura da estação Embrapa, em Guaratiba, zona oeste. No momento, os intervalos no trecho estão irregulares.

Barcas, trem e Metrô

As barcas com destino ou saída do terminal Arariboia, em Niterói, região metropolitana do Rio, não estão operando nesta manhã, devido ao bloqueio montado por manifestantes. Em nota, a CCR Barcas afirmou que não aderiu à greve e as demais linhas da concessionária (Charitas, Cocotá e Paquetá) seguem funcionando sem alterações.

Segundo as concessionárias, os trens da Supervia e o Metrô operam normalmente.

Fonte: Jornal R7

Clique aqui e veja a matéria na íntegra.