Diretores do SINTRATURB-RIO fazem inspeção no BRT e constatam irregularidades, revolta dos motoristas faz o sindicato convocar assembleia com indicativo de greve.

Nota pública do Sintraturb-Rio

INSTALAÇÃO DE SEMÁFOROS INTELIGENTES COM

CANCELAMENTO DAS MULTAS OU GREVE GERAL DO SISTEMA BRT

 

O Sintraturb-Rio – Sindicato dos Motoristas e Cobradores da Cidade do Rio de Janeiro, único representante dos trabalhadores que prestam serviços nas empresas de ônibus da Capital, vem à público alertar a sociedade e as autoridades municipais, em particular ao Secretário Municipal de Transportes e ao Senhor Prefeito da Cidade, para a greve iminente dos motoristas do sistema BRT, devido ao esquema torturante a que estão submetidos na tarefa de condução dos ônibus BRT, que pelo seu tamanho, chegam a medir 28 metros e, pelo seu peso, algumas toneladas, não conseguem parar de imediato, ao acender a luz vermelha do semáforo.

A consequência dessa situação, que têm deixado os motoristas estressados são as inúmeras e repatidas multas que estão sendo aplicadas a eles. Multas essas – alguns motoristas chegam a acumular 80 delas – que têm gerado passivos impagáveis para esses profissionais.

e6854d9d-f379-478a-981f-69f41b023901

O Sintraturb-Rio vem à público anunciar que está ao lado dos motoristas do BRT e que não medirá esforços para por fim a essa situação. Estamos providenciando a convocação de uma Assembleia Geral dos trabalhadores do BRT para fazer uma greve geral enquanto a situação não for resolvida. Alguém pode perguntar, medida extrema? É, nós respondemos, medida extrema diante da passividade, do desleixo e do desrespeito para com os profissionais que fazem a “cidade andar”.

O Sintraturb-Rio tem procurado as autoridades levantando essa situação e procurando um ouvido e um olhar de atenção para esse problema, e o que temos visto é o descuido, é a negligência. Procuramos o Centro de Controle Operacional do BRT (CCO) e nada. As autoridades devem estar muito ocupadas com outros problemas. Então, vamos criar mais um problema, para ver se elas páram para se ocupar desse problema que para a categoria é um problemão.

O problema pode ser resolvido, bastando para tal, a instalação de semáforos inteligentes, nos corredores de BRT – aqueles com temporizador que indicam quantos segundos faltam para acender a luz vermelha – e, com isso, o motorista do BRT pode parar o ônibus de 28 metros de comprimento e toneladas de peso, sem avançar o sinal. E é importante que se pergunte, se as autoridades querem segurança para os usuários ou que os motoristas – para não serem multados – tentem parar de qualquer jeito, uma “locomotiva” – e é disso que se trata os ônibus BRT, quando estão entupidos de pessoas. Muitas são as cidades do interior que já possuem esses tipos de semáforos, porque fizeram um vultoso investimento no sistema BRT sem terem se atentados para essa necessidade?

O Sintraturb-Rio está cumprindo a sua missão. Estão todos avisados! Se nada for feito para mudar essa realidade estaremos convocando um Assembleia Geral para a decretação de greve geral.

  • Pela imediata instalação dos semáforos inteligentes nos corredores do BRT!
  • Pela anistia de todas as multas dos motoristas de BRT!

 

Sintraturb-Rio, 13/11/2015